13 de novembro de 2017

Retratos Literários - Semana 2


Voltando com a segunda semana do desafio Retratos Literários, mais seis temas, fotografias e explicações abaixo!



Dia 07: um livro que te conforta - A sociedade literária e a torta de casca de batata é um romance epistolar sobre tempos difíceis, sobre encontrar conforto e solidariedade, sobre pertencer a uma comunidade. É um livro saboroso em vários sentidos e uma daquelas histórias que, ao terminar, nos fazem pensar na humanidade com um pouco mais de esperança e caridade. Descobri recentemente que ele está sendo adaptado em filme, fiquei bem empolgada com a notícia!

Dia 08: um livro com final surpreendente - Os contos de Eu, Robô são independentes, mas avançam no tempo para contar uma única história, terminando não apenas de forma surpreendente como aberta à interpretação do leitor. É um livro excelente e, de boa, nenhuma adaptação de seus contos chega aos pés do que realmente se apresenta nas histórias.

Dia 09: um livro guilty pleasure - Eu, francamente, não me sinto culpada por esse tipo de leitura, mas, bem, o tema da vez é livro guilty pleasure e muita gente gosta de julgar esses romances açucarados. Gosto da tia Quinn porque os romances dela não só têm um bocado de açúcar, como também muito humor - e a grande sacada dela é o desenvolvimento das relações familiares dos personagens. Os secundários dela costumam ser tão interessantes quanto seus protagonistas. Eu já tinha lido Como se Casar com um Marquês em inglês e é um dos meus romances favoritos dela, de forma que acabei comprando a tradução dele. Sinceramente, não me empolguei muito com a tradução, está cheia de errinhos de gramática e expressões e gírias modernas que quebram completamente a verossimilhança, o discurso do século XIX. Se eu não estivesse acostumada a ler livros de época e escritos à época, talvez não tivesse estranhado tanto uma mocinha regencial perguntando 'por que você é tão legal comigo?', mas, oh, estranhei sim. Vou até conferir depois em inglês que palavra a tia Quinn usou nesse trecho, porque não acho que essa tenha sido a melhor tradução do mundo...

Dia 10: casal literário favorito - Eu gosto tanto de Norte e Sul que já resenhei duas edições diferentes dele aqui no Coruja (1 - 2). Margareth Hale e John Thornton são, sem sombra de dúvidas, um dos meus casais literários favoritos!

Dia 11: citação favorita de um livro - “Se você vai ser humano, tem um monte de coisas no pacote. Olhos, um coração, dias e vida. Mas são os momentos que iluminam tudo. Os instantes em que você não nota que os está vivendo… são eles que fazem o resto valer à pena”. Essa citação, de O Grande Momento da Vida me é tão cara e me marcou tanto que até usei ela na primeira página do meu convite de formatura.

Dia 12: 5 livros que estão na sua pilha de "vou ler" - O tema é auto-explicativo, não? Na lista tem Hild, um romance histórico sobre a mulher que viria a se tornar Santa Hilde de Whitby, explorando as intrigas políticas do período anglo-saxão na Inglaterra; Um Tom mais Escuro de Magia, um ficção fantástica que tem sido bastante elogiado; Nós, os Afogados, cobrindo mais de dois séculos de história de grandes navegações; A longa caminhada de Billy Lynn, que gira em torno de guerra, propaganda política, manipulação e que rendeu um filme do Ang Lee e o Em Algum Lugar das Estrelas, que tô devendo de ler desde o ano passado...

Lista boa, não? Lá no instagram continuamos o desafio. Ainda tem muito por vir por aí...


A Coruja


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog