26 de novembro de 2016

A Vertigem das Listas: Onze Barbas de Respeito


Dé: Novembro chegou, e neste mês trago um tema que divide opiniões! Há quem goste. Há quem odeie. Há quem diga que são anti-higiênicas. Há quem diga que não é bem por aí. Há quem diga que indicam agressividade... Enfim, as opiniões são muitas, mas no final o tema é um só: barbas!

Não escolho o tema sem motivo, ou por motivos pessoais (quem me conhece, sabe que mantenho barba já a 12 anos). Acontece que, assim como o Outubro Rosa, novembro também é o mês de conscientização para a saúde masculina, em especial para o câncer de próstata, no movimento conhecido por Movember, a fusão das palavra moustache (bigode, em inglês) e november. A ideia é que todas as pessoas capazes de crescer um, começando o mês imberbe, deixe o bigode crescer durante 30 dias. Barba, assim como manter o bigode após os 30 dias, é opcional.

Tendo explicado isto, o tema deste mês é: Onze Barbas de Respeito! E digo “barbas”, porque “pêlos faciais” não tem a mesma sonoridade, mas bigodes qualquer outra forma de pêlos faciais, em qualquer combinação, são válidos!


Lulu: Vou confessar que logo quando o Dé sugeriu o tema, fiquei meio sem saber exatamente se teria indicações a fazer, mas quando parei para refletir um pouco, descobri que definitivamente o tema podia render algumas escolhas bem divertidas.

E, claro, além da brincadeira com o tema dos bigodes, sempre é bom sublinhar a necessidade de fazer o preventivo. Ir ao médico regularmente não é sair à cata de doença, mas sim se cuidar e descobrir a tempo caso elas existam. Como pessoa que já perdeu um tio esse ano e está com outra tia começando tratamento - ambos tendo descoberto quando o estágio da doença já estava avançado -, não posso deixar de chamar a atenção para todo mundo aprender a se cuidar desde cedo.


Ísis: Alguém me corrija se estiver errada, mas nem dinheiro é desculpa, porque, se não me engano, é possível fazer as consultas e exames de prevenção via SUS, né?

Lulu: Sim, é. O problema é que muita gente só se lembra de ir ao médico quando está doente, nunca pensa em prevenção…

Dé: Minha primeira escolha vem do mundo dos esportes: John L. Sullivan!

Sullivan é tido tanto como o primeiro campeão dos pesos-pesados do boxe como conhecemos - com luva -, como também foi o último campeão dos pesos-pesados utilizando as London Prize Ring Rules, as regras para boxe de mãos nuas. Morreu aos 59 anos, pobre, devido ao sobrepeso e estilo de vida pouco saudável.


E, claro, hoje em dia também é conhecido por ter se tornado um meme de internet, seu admirável bigode no estilo handlebar, assim como a própria entrada no Badass of the Week. Eis sua foto mais famosa:



Lulu: Tenho uma vaga memória de já ter visto essa foto antes… ou então alguma muito parecida… Me faz pensar em fotografias da virada do século XX, até porque, bem, bigodes de respeito parece ser uma característica marcante de personagens vitorianos.

Tanto é assim que minha primeira indicação para a lista desse mês é o bom Doutor John Watson. Eu provavelmente poderia indicar o próprio criador da série, porque Conan Doyle também cultivava sua própria arte facial, mas John ganha porque ele é o primeiro que me vem à mente - especialmente pelo fato de que a série Sherlock fez várias brincadeiras com o bigode do personagem.



De fato, o bigode luxuriante do John faz mais sentido quando a história se passa na era vitoriana… Mas rendeu alguns memes muito divertidos na adaptação moderna. Inclusive me faz lembrar da Morsa de Alice no País das Maravilhas...


Ísis: Minha primeira escolha é conhecido de todos a essas alturas: Mestre Kame, de Dragonball Z, o homem que ensinou muito ao protagonista Goku, inclusive o famoso “kamehameha”. Barba branca comprida que já existe há mais de cem anos, vez que ele não morrerá por causas naturais, devido a uma fórmula que tomou.


Dé: Só lembro do cosplay que o fisiculturista Andreas Cahling fez dele...


Minha segunda escolha é um homem da ciência, em diversos sentidos. Muito conhecido por sua personalidade excêntrica, sendo considerado a epítome do “cientista louco”, Nikola Tesla foi uma das maiores mentes do mundo moderno.

Físico, engenheiro eletricista, engenheiro mecânico, inventor e futurista, Tesla mudou o mundo com sua pesquisa em corrente alternada de eletricidade, o sistema de corrente usado no mundo inteiro atualmente.

Infelizmente, morreu pobre, devido à sua rivalidade com Thomas Edison, que registrou a maior parte das patentes de Tesla como suas. Mas garanto que Edison não tinha um bigode tão respeitoso quanto Tesla!



Lulu: Tesla é o cara!

Bem, o Dé está fazendo referência a personagens históricas, mas acho que continuarei na ficção com as minhas indicações… e assim é que o segundo nome da minha lista vem de uma franquia da Disney cheia de bigodes e barbas de respeito - porque as barbas de certos piratas são quase tão importantes quanto seus próprios navios (alguém aí falou em Barba Negra?)

Sim, estou falando de Piratas do Caribe. E agora vou começar a cantar yo-ho, yo-ho, a pirate’s life for me….

Eu poderia indicar o capitão Jack Sparrow, mas isso seria meio óbvio demais… até porque, a barba que realmente impressiona na história, pelo menos para mim, é uma quase senciente: a tentacular barba de Davy Jones, capitão de Holandês Voador.


Davy Jones é quase um eldritch horror, o que é definitivamente um bônus para a lista, porque é quase como se eu estivesse indicando também a barba do Cthulhu. Yay, tentáculos!


Ísis: Ai, meu pai que eu pensei algo horrível agora… >.< E Lulu parcialmente roubou minha segunda escolha, vez que ia apontar o Capitão Gancho da Disney (quer no desenho original, quer em Once Upon a Time). Para não ficar repetitivo, vou seguir a ideia do Dé e apontar uma figura histórica: Ieyasu Tokugawa, um dos três shoguns mais famosos do Japão, e unificador do país.


Dé: Permanecendo no campo científico, minha próxima indicação é considerado, por muitos, como o patrono de todos os biólogos. Um dos proponentes da teoria da evolução, ao lado de Alfred Russel Wallace, o nome de Charles Darwin dispensa qualquer tipo de introdução.

Inicialmente estudante de medicina, o foco da pesquisa de Darwin mudou quando embarcou no HMS Beagle, navio que o levou a diversas locais e o possibilitou ver diversas formas de vida, que o levaram a criar a base da teoria que conhecemos hoje.


Desde jovem, Darwin também cultivava as suíças, até o final da meia-idade, quando decidiu crescer a barba longa e cheia pela qual é famoso, e que o fez merecer esta indicação.


Lulu: Continuando com minhas escolhas, saio dos detetives vitorianos e piratas mitológicos para os quadrinhos de super-heróis, indicando um cavanhaque que é também uma marca registrada. Sim, meus caros, é a vez da arte facial de Tony Stark, o Homem de Ferro!


Inclusive essa história de cavanhaques rendeu uma das cenas mais hilariantes dos últimos tempos nos quadrinhos e que eu gostaria de ver reproduzida no MCU agora que Strange faz parte do elenco. Awesome Facial Hair Bros for the Win!



Dé: Eu ri MUITO alto, agora.

Ísis: Dr. Strange é um fofo… Mas o Tony era amigo dele? Considerando que ele odeia magia, achei que não se daria bem com Dr. Strange…

Dé: Ambos fazem parte do Illuminati, então eu suponho que sim, eles se dão bem… Especialmente porque o “Doutor” do Dr. Estranho vem de ele realmente ter um doutorado.

Lulu: De fato, ele é um médico e cientista antes de ser um mágico. E, bem, existe um universo da Marvel em que Tony se torna o mago supremo - nessa linha temporal, ele estava numa festa com Stephen, deu uma carona a ele e os dois sofreram o acidente que terminou com o dano às mãos do cirurgião. Tony então jura que vai consertar as mãos de Stephen e vai para no Tibete, onde se torna discípulo da Anciã.

Bem, termino minha participação no tema do mês - que foi infinitamente mais divertida do que eu antecipava quando Dé primeiro o propôs - com outra escolha óbvia. Na verdade, eu tinha muitas escolhas óbvias para fazer para essa lista, mas a verdade é que eu não poderia falhar em fazer a indicação de um personagem pertencente a uma raça que se orgulha especialmente de suas barbas.

Sim, é claro que vocês já sabem, não é mesmo? Tinha de ter pelo menos um dos anões do universo de O Senhor dos Anéis aqui. Anões, anões são necessários para uma lista de barbas de respeito!!!


Dé: E anãs!


Lulu: Sim, sem dúvida… Mas, enfim… Eu gostaria de poder indicar… todos os anões do Tolkien, mas como não posso… então indicarei aquele com que passei mais tempo e que é um dos meus personagens favoritos da saga dos anéis… Gimli, filho de Glóin!


Ísis: Estamos pensando muito iguais. Essa era a minha segunda indicação, acredite ou não… ^^’

Mas já que é assim, e aproveitando que o Natal está chegando, fecho minha lista com uma figura mistura de histórico e ficção: Papai Noel! Quer uma barba mais épica que aquela que necessariamente todos precisam usar quando vão fazer a alegria das crianças? Até o filme Rise of the Guardians, com sua reinterpretação “pirata russo” do bom velhinho, manteve a cabeleira facial!



Dé: Minha última indicação é um inglês que revolucionou a indústria da música como a conhecemos. Farrokh Bulsara começou a carreira musical como vocalista da banda Smile, em 1971, ao lado do do guitarrista Brian May. Quando o baixista John Deacon entrou para a banda, Queen nasceu, e lançou a carreira de Freddie Mercury.


Mais conhecido por seu visual durante os anos 80, com um volumoso bigode chevron, Mercury foi uma figura icônica, fato que se intensificou após sua trágica morte em 1991, em decorrência da AIDS. A sua popularidade, assim como as circunstâncias de sua morte, garantiram seu lugar na história, da música, dos pêlos faciais e do mundo.


Onze Barbas de Respeito

1. John L. Sullivan, lutador
2. Nikola Tesla, cientista
3. Charles Darwin, cientista
4. Freddie Mercury, músico
5. Doutor John Watson, das histórias de sir Arthur Conan Doyle
6. Davy Jones, capitão do Holandês Voador
7. Tony Stark, o Homem de Ferro
8. Gimli, filho de Glóin, da Sociedade do Anel
9. Mestre Kame, de Dragon Ball
10. Ieyasu Tokugawa, shogun japonês
11. Papai Noel



____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog