19 de novembro de 2015

Livros para Assistir - Jogos Vorazes


A vida em Panem é difícil, para aqueles que vivem afastados da Capital. 12 distritos são explorados para prover o conforto dos que vivem na Capital, com o 12º distrito sendo o mais pobre e explorado de todos, provendo o país com o carvão necessário para geração de energia. Todos os anos, um garoto e uma garota entre 12 e 18 anos são sorteados em cada distrito, para participarem de uma competição até a morte, conhecida como Os Jogos Vorazes.


Publicado originalmente em 2008, a trilogia Jogos Vorazes foi um grande sucesso. Passada em uma América do Norte pós-apocaliptica, a trilogia explodiu em vendas, tendo a distinção de ser a primeira série a superar um milhão de vendas no Amazon Kindle. Tanto sucesso rendeu uma adaptação para as telonas meros dois anos depois da publicação do último livro da trilogia.


Este foi o filme que lançou de vez a carreira de Jennifer Lawrence, contando no elenco também com  Josh Hutcherson como Peeta, Liam Hemsworth como Gale, Woody Harrelson como Haymich, Elizabeth Banks como Effie, Lenny Kravitz como Cinna e Donald Sutherland como Presidente Snow. O sucesso foi instântaneo. Com bilheteria mundial de mais de 600 bilhões, o resto da série estava garantido.


Jogos Vorazes: Em Chamas foi lançado em 2013, enquanto Jogos Vorazes - A Esperança foi dividido em duas partes, com a Parte 1 lançada em 2014 e a Parte 2 estreou ontem, aqui no Brasil. E eu estava lá, no cinema, vendo o final dessa saga nas telonas.


Os primeiros dois filmes são, sem medo de errar, muito bons filmes. São uma excelente adaptação dos livros, passando bem a história e a situação por trás de Panem, com uma boa dose de tensão e ação, inerentes aos Jogos. Contudo, a situação muda um pouco na última parte.


Honestamente, eu esperava bem mais do encerramento desta saga, quando se leva em consideração os dois primeiros filmes. A atuação dos personagens principais ficou fraca, especialmente na última parte. Jennifer Lawrence já se mostrou ser boa atriz, bastando ver O Lado Bom da Vida, mas aqui... Não que Katniss seja uma personagem especialmente emotiva, mas... achei que deixou um pouco à desejar. O mesmo vale para os demais jovens atores. Elden Henson me passou mais emoção como o avox Pollux do que a personagem principal, e isso é dizer muito. 

A fotografia do filme é ótima, e creio que será indicada ao Oscar. A trilha sonora... digamos que eu sequer percebi que ela estava lá, o que eu conisdero um ponto negativo. Se forem assistir à esta série, fiquem com os dois primeiros e leiam o último livro. 

O Bode


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog