14 de abril de 2015

Para ler: Príncipe de Histórias

“Ele considera que manhãs são algo que acontece a outras pessoas. Eu acho que uma vez o vi no café da manhã, embora possivelmente era apenas alguém que parecia um pouco com ele e que estava com a cabeça num prato de feijões cozidos. Ele gosta de bom sushi, e gosta bastante de pessoas, também, embora não cruas; ele é gentil com fãs que não são completos idiotas e aprecia conversas com pessoas que sabem conversar. Ele não parece com um quarentão; isso pode ter acontecido com outra pessoa também. Ou talvez haja um quadro especial em seu sótão.”
Terry Pratchett, sobre Neil Gaiman
Hoje vamos falar de um livro que não foi exatamente escrito pelo Gaiman, mas é sobre ele – então está dentro da extravagância gaimaniana do mês. A minha edição é inglês, com uma capa dura magnífica, mas Príncipe de Histórias: Os Vários Mundos de Neil Gaiman foi também publicado em português.

Esse livro não é exatamente uma biografia, embora haja capítulos biográficos. Ele serve mais como uma espécie de enciclopédia e guia de leitura: cada um dos livros, quadrinhos, gravações – tudo enfim, em que Gaiman tenha trabalhado – ganha espaço, sempre com uma boa e detalhada análise, seguido de entrevistas com colaboradores que atuaram com ele em vários de seus projetos, ensaios e artigos escritos pelo próprio.

A riqueza de informações é somada a um estilo leve, que é realmente gostoso de ler. Esse tipo de volume, de crítica e análise, geralmente tem um tom mais sóbrio, mais seco. Príncipe de Histórias, contudo, é uma leitura em que a gente perde a noção do tempo, vai virando as páginas e querendo mais e mais.

Mesmo para quem não é leitor contumaz de Gaiman vai achar esse título interessante (contanto que não se importe com spoilers) pelo vislumbre que temos de como é o processo de criação de um dos mais aclamados e prolíficos (e coloque prolífico nisso...) autores da nossa época. Mas se você é, como eu, um viciado em tio Neil, então este é um volume mais que recomendado: é obrigatório para ter na estante.

Nota:
(de 1 a 5, sendo: 1 – Não Gostei; 2 – Mais ou Menos; 3 – Gostei; 4 – Gostei muito; 5 – Excelente)

Ficha Bibliográfica

Título: Príncipe de Histórias: Os Vários Mundos de Neil Gaiman
Autor: Hank Wagner, Christopher Golden e Stephen R. Bissette
Tradução: Santiago Nazarian
Editora: Geração
Ano: 2011
Número de páginas: 743

Onde Comprar

Amazon || Cultura || Saraiva

Agora, antes que eu me esqueça... Como teremos um mês ‘temático’ tagarelando sobre Gaiman... vamos ter sorteio também! Valendo uma edição de A Verdade É uma Caverna nas Montanhas Negras e mais um trio de marcadores de imãs feitos pela Design by Angel inspirados nesse livro, em Deuses Americanos e Sandman!



Para participar, basta comentar (comentar e não apenas deixar o nome e email, embora isso também seja necessário) qualquer uma das resenhas sobre os livros do Gaiman que serão postadas durante todo o mês. Todos os comentários receberão um número para sorteio dia 01 de maio. E sim, se você comentar em mais de uma resenha, vai receber mais de um número para participar do sorteio, o que aumenta exponencialmente suas chances de ganhar!


A Coruja


____________________________________

 

10 comentários:

  1. Gostei pelo simples fato de não ser uma biografia propriamente dita. Legal esses livros que analisam obras de uma criatura. :)

    (e eu não me importo com spoilers)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então esse livro é exatamente pra ti, Tatá!

      Excluir
  2. Interessante! Bom, seu eu curtir mto Gaiman (o que eu não duvido mto que ocorra!) pretendo lê-lo, mas depois de consumi-lo e saboreá-lo devidamente, ainda não li nd, então acho melhor conhecer um pouco de sua obra antes de ingressar nas análises e entendimentos sobre autor é obra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, antes q eu me esqueça!
      Nome: Laura M. B.
      e-mail: lauramedina90@hotmail.com

      Excluir
    2. Obrigada por lembrar de deixar o email, Laura ;) Geralmente consigo descobrir pelo perfil do blogger, mas nem todo mundo deixa a informação disponível e aí fico perdidinha... Mas leia, leia Gaiman! Não vai se arrepender. E, conhecendo seu gosto por Sherlock, recomendo dar uma olhada nos contos que ele já escrever no universo sherlockiano.

      Excluir
    3. Ah, que ótimo! E quais são esses contos? Em qual/is livro/s tem? Onde eu os acho?

      Excluir
    4. De cabeça, eu me lembro de dois: "Um Estudo em Esmeralda", que apareceu na antologia Contos Frágeis e "A Case of Honey and Death" (um favorito meu), que está na antologia A Study in Sherlock e também no livro novo dele, Trigger Warning. Tenho uma vaga impressão de que existe mais um conto, mas confesso que no momento não consigo me lembrar...

      Excluir
    5. Ah que legal! Mato obrigada! Vou caçar esses contos!

      Excluir
  3. Ganhei esse livro do meu pai, q ao me dá-lo disse "vi na livraria e achei a sua cara, não é o seu autor favorito?", amei o livro, e amei o
    Sorteio. P.s.: tive a oportunidade de conhecer o Gaiman quando ele veio pra flip em 2008, e te digo, eita orgulho de ser fã desse cara, eu q tava toda nervosa de falar com ele acabei enrolando no meu inglês, e ele fofo como é se levantou, me abraçou e disse q eu era adorável, sério, como não amar esse cara?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU DEUS, VOCÊ CONHECEU O GAIMAN!!! VOCÊ ABRAÇOU O GAIMAN!!!! EU QUEROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog