17 de fevereiro de 2015

Para ler: The Silver Dream

Sixteen-year-old Joey Harker has just saved the Altiverse—the dimension that contains all the myriad Earths—from complete destruction. After mastering the ability to walk between dimensions, Joey and his fellow InterWorld Freedom Fighters are on a mission to maintain peace between the rival powers of magic and science who seek to control all worlds.

When a stranger named Acacia somehow follows Joey back to InterWorld’s Base, things get complicated. No one knows who she is or where she’s from—or how she knows so much about InterWorld. Dangerous times lie ahead, and Joey has no one to rely on but himself and his wits—and, just maybe, the mysterious Acacia Jones.

Full of riveting interdimensional battles, epic journeys between worlds, and twists and turns along the way, this sequel to the New York Times bestselling InterWorld is a thrilling, mind-bending adventure through time and space.
Ok, a primeira coisa a se falar sobre Silver Dream (depois de observar que se trata de uma continuação de Interworld) é que, a despeito do destaque dado ao nome do Gaiman no lançamento, há muito pouco dele aqui.

Isso porque conceito original de Interworld - que estava cotado para se transformar numa série de TV – é do tio Neil, mas quem de fato desenvolveu a narrativa foram os Reaves.

Isso não significa que The Silver Dream seja ruim, até porque o primeiro livro certamente prendeu minha atenção - afinal, o que não há para se gostar em universos alternativos e realidades paralelas? – mas não se pode negar que há um certo elemento de propaganda enganosa na capa...

The Silver Dream continua a história de Jay, um caminhante entre mundos e suas milhares de contrapartes de outras realidades alternativas, pegos em meio a uma batalha entre o Império dos Mundos Binários, envolvidos fortemente com tecnologia e Hex, onde a evolução culminou na existência de magia.

A narrativa está repleta de todos os clichês do gênero, e com isso acaba por se tornar bastante previsível. A despeito disso, foi um vira-páginas que não me deixou descansar até chegar ao final.

O grande problema do livro é, justamente, o fim. Você passa todas as páginas de The Silver Dream esperando por um grande clímax, mas tudo não passa de preparação por cima de preparação para mais um volume, algo que achei bastante desnecessário. Em vez de encher linguiça recapitulando tudo o que aconteceu no volume anterior, melhor teria sido terminar de desenvolver o plot e chegar a uma conclusão aqui mesmo...

Tô ainda pensando com meus botões se vou me empolgar para ir atrás do terceiro volume...

Nota:
(de 1 a 5, sendo: 1 – Não Gostei; 2 – Mais ou Menos; 3 – Gostei; 4 – Gostei muito; 5 – Excelente)

Ficha Bibliográfica

Título: The Silver Dream
Autor: Michael Reaves e Mallory Reaves
Editora: HarperTeen
Ano: 2013
Número de páginas: 256

Onde Comprar

Amazon || Book Depository || Cultura || Saraiva


A Coruja


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog