14 de fevereiro de 2015

O Bode na Cozinha: Sriracha

Olá leitores! Um bom carnaval para todos!!! A receita de hoje não é exatamente carnavalesca, mas vai bem em toda época do ano: Sriracha!

E é nessa que você pergunta... "O que?" E eu respondo: Sriracha é um tipo de molho de pimenta oriental que virou mania em vários cantos do mundo, o que inclui a minha casa. Para minha sorte, é bem fácil de fazer, mesmo que demore um pouco. 

E vamos à receita!
Ingredientes:


- 500 g de pimenta dedo-de-moça
- 5 dentes de alho
- 2 colheres de sopa de açúcar (uso demerara)
- 1 colher de chá de sal
- 1/2 xícara de água
- 1/2 xícara de vinagre de maçã (mas serve qualquer outro)

Modo de preparo:

- Corte e pique as pimentas em pedaços pequenos e descasque o alho. Se quiser, pode tirar as sementes das pimentas, o que vai reduzir a ardência do molho.
- Leve todos os ingredientes ao liquidificador, exceto pelo vinagre. Use a função "pulsar" de pouquinho em pouquinho, para ir processando aos poucos até conseguir deixar o liquidificador ligado até virar uma pasta homogênea. 
- Leve esta pasta para um copo/pote/tigela DE VIDRO, e isso é importante, e cubra com plástico filme. Deixe assim por 3 dias a uma semana para fermentar. Sim, 3 dias a uma semana.


- Durante este período, mexa a mistura uma ou duas vezes por dia. O que você espera ver aqui é a formação de pequenas bolhinhas, o sinal de que a fermentação está acontecendo.

Bolhinhas como estas.
- Quando você mexer e não ver mais se formarem bolhas, é a hora de continuar o preparo. Adicione o vinagre, mexa bem novamente, e passe a mistura por uma peneira bem fina.
- Aqui é importante retirar TODO o líquido da parte sólida e leve para uma panela.


- Leve esta panela ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar um pouco. Existem outras maneiras de engrossar essa mistura, mas reduzir ao fogo é a mais prática. 


- Armazene em um pote de vidro tampado. 

Vou ser honesto e dizer que não tenho a menor ideia de qual a validade deste molho, mas devido o processo de fermentação que fizemos antes, esta é bem alta. Se você for fanático por pimenta como eu (e se está fazendo esta receita, provavelmente o é) isso não será problema, já que o molho não vai durar muito. 

O Bode


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog