20 de novembro de 2014

Para ler: Death of a Gossip

Pescar era o hobby deles, seu trabalho, sua obsessão. Toda semana durante o verão uma nova turma chegava ao Hotel Lochdubh. Raramente eles tinham um grupo completo de amadores; pescadores experientes muitas vezes se juntavam à turma, vez que poderiam pescar em excelentes águas por preços razoáveis.
Eu não faço a menor idéia de como é que esse livro foi parar na minha mão. Eu acho, sem ter muita certeza, que M. C. Beaton é citada no livro Segredos do Romance Policial, que li já faz algum tempo. À época, vários dos títulos citados por P. D. James foram para na minha lista de futuras leituras. Como só relendo o primeiro terei certeza de que descobri o segundo lá, vou preferir ficar na dúvida por enquanto.

Seja como for... de alguma forma eu descobri a existência do policial escocês das Highlands Hamish Macbeth e o nome do personagem me chamou a atenção – a culpa é, claro, de Shakespeare – e assim é que fui atrás dos livros.

A história começa com uma turma de alunos de uma escola de pesca na ficcional Lochdubh – pessoas com diferentes interesses e backgrounds que acabam sendo todas elas dominadas por uma das alunas da classe, a antipática Lady Jane, que parece saber de todos os esqueletos no armário que cada um deles possui.

Há uma contínua tensão por causa desses segredos com que Lady Jane constantemente provoca seus colegas até que a mulher aparece morta – estrangulada e jogada no rio. Hamish, que é o único policial do condado e está mais acostumado a lidar com pequenos roubos e o bêbado ocasional, chama o detetive inspetor mais próximo, mas depois de ser esnobado pelo detetive Blair, acaba se envolvendo na investigação.

Death of a Gossip é uma leitura rápida – são pouco mais de cem páginas – e embora não seja lá um grande romance policial, Hamish cativou-me o suficiente para que eu esteja disposta a ir para os volumes seguintes da série (também ajudou os comentários de outros leitores, que observaram que as histórias melhoram muito em títulos subseqüentes).


A Coruja


Arquivado em

____________________________________

 

Um comentário:

  1. Meu tipo de livro!

    E o enredo meu lembrou Pretty Little Liars... Vou adicionar no Skoob. <3

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog