19 de janeiro de 2013

Coruja Gourmet - Bode Edition: Patê de Atum


Bom dia leitores do Coruja e bem vindos ao primeiro Coruja Gourmet de 2013!!! Como se foram de festas de final de ano? Bem? Espero que sim. =D

E para esta receita, vai uma pergunta: o que gostam de fazer no tempo livre? Além de ler, é claro, ou então não estariam por aqui. Bom, eu gosto de me reunir com os amigos, na casa de alguém, normalmente pra jogar uma partida de RPG ou ver filmes. E claro, tem a hora do lanche, e a receita de hoje é uma daquelas que desaparecem rapidinho, já que todo mundo gosta: o meu patê de atum, apelidado carinhosamente de "patê assassino do mal"!

Ingredientes:

- 1 lata de Atum Ralado (sem tempero ou molho)
- 1/2 pote de Maionese (que pode ser light ou de leite)
- 1 Cebola picada
- Coentro
- Cebolinha
- Sal e Pimenta à gosto

Modo de Preparo:

- Prestem bastante atenção, pois o grau de dificuldade desta receita é elevadíssimo! Ou não.
- Pique a cebolinha e o coentro.
Não precisa ficar minúsculo, mas quanto menor, melhor.
- Pique a cebola.

- Abra a lata de atum e drene o líquido.
- Em um pote, despeje os ingredientes picados até agora e o atum.
Ao contrário do que dizem, o atum NÃO ESTÁ cru.
- Adicione meio pote de maionese.

- Misture tudo. Adicione sal e pimenta à gosto.
Combo extra #1: Ao invés de sal, coloque um pouco de Hondashi.
- Sirva com pãezinhos de leite ou torradas e coma rápido. Não vai durar muito tempo...

O Bode


Arquivado em

____________________________________

 

5 comentários:

  1. Putz, me deu vontade de fazer. Se eu não fosse proibida de entrar na cozinha... ^^"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora, filhinha. Dê a receita para alguém que não seja! =D

      Excluir
    2. Eu já comi desse; não foi o que você fez quando estávamos assistindo Sherlock na sua casa?

      Excluir
    3. Essa pode ser simples, mas é umas das que faz mais sucesso! ^^

      MEIO POTE?! então... eu substituí por alho picado (só que menos, né) ou/e um pouco de leite.

      PATÊ DE ATUM!!! \o/

      Excluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog