8 de setembro de 2012

Coruja Gourmet - Bode Edition: Pavê de Bis


Olá, olá, pessoas! Como estão todos? Espero que bem!

Mencionei em uma postagem passada que não sou bom com doces... mas eu também sou teimoso como mula empacada, então decidi tentar fazer outra receita de doce!!! 

Quer dizer, enchi o saco de uma amiga (a mesma que fez o Brownie) até ela me dar a receita, mas ninguém está ligando para estes pequenos detalhes, não é?
Ingredientes:


- 1 lata/caixa de Leite Condensado
- a medida da lata/caixa de Leite
- 1 Colher de Sopa de Amido de Milho
- 1 Gema
- 1 colher de sobremesa de Essência de Baunilha.
- 1 Caixa de Bis
- 1 barra de Chocolate amargo (usei aquele 43% de cacau)
OBS: Essa receita é sempre 1:1:1:1:1. Podemos dobrar (como eu fiz) ou triplicar (que não é recomendável, pq o volume é ENORME) facilmente a receita... 
 
Só uma curiosidade: além de teimoso como mula empacada, eu também sou esquecido e meio. Assim sendo, não coloquei a gema e nem a baunílha.

Modo de Preparo:

- Despeje tudo na panela. Leve ao fogo mexendo sempre.

Essa é a parte chata.
- Quando a mistura engrossar bem, soltando do fundo da panela, retire do fogo. Continue mexendo.
- Despeje metade da mistura em uma travessa.


- Na outra metade que ficou na panela, jogue 4 tabletinhos do chocolate. O calor do creme vai derreter o chocolate, então mexa bem até homogenizar.
- Parte relaxante da receita: Bata na caixa de Bis até ela sangrar. Esmigalhe-os BEM e espalhe os farelos sobre o creme no refratário.

Vocês podem usar outras coisas aqui. Sonho de Valsa parece uma boa.
- Despeje a outra metade sobre a camada de bis e alise o melhor que puder.

Que no meu caso é "não muito bem".
- Leve à geladeira para esfriar um pouco, já que para o próximo passo a sobremesa não pode estar quente.
- RALE o resto da barra do chocolate e espalhe por cima. Vocês poderiam usar granulado também... mas qual seria a graça disso, não é?

*tema de 2001: Uma Odisséia no Espaço tocando no fundo*
As diferenças dessa receita para um pavê tradicional é que o invés de bis e chocolate, o tradicional usa biscoitos de champanhe emebebidos em leite e chantilly. Eu acho que a receita que me passaram é melhor, não? 
O Bode


Arquivado em

____________________________________

 

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Eu também, Debora! xD Acabou tão rápido...

      Excluir
    2. Pô, e você nem mandou um pedaço pra mim por sedex, Dé... tisc, tisc pra você...

      Próxima vez que for a Fortaleza, quero desse pavê, viu? Coloque já no menu.

      Excluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog