14 de junho de 2012

Para ler: O Diabo e Sherlock Holmes


A gama de assuntos é a mais variada possível: da extensa e intrincada rede de túneis sob as ruas de Nova York à gangue de prisão norte-americana Irmandade Ariana, que faz o PCC parecer um clube de escoteiros; do escritor polonês que cometeu um elaborado assassinato para testar suas teses pós-modernas inspiradas em Foucault e Derrida à cidade de Youngstwon, em Ohio, dominada há décadas pela Máfia com o apoio da população; do líder do esquadrão da morte do Haiti descoberto trabalhando como corretor de imóveis nos EUA à morte enigmática do maior especialista em Sherlock Holmes.

São, em sua maioria, histórias de obsessões que fazem fronteira com a loucura: um biólogo neozelandês que quer caçar a Architeutis, uma lula gigante que aparece em relatos mitológicos; um falsário francês que se passa por adolescentes órfãos; um ladrão de quase oitenta anos que reluta em se aposentar; um bombeiro atingido por escombros no World Trade Center no Onze de Setembro que quer reconstituir o que se passou naquelas horas de terror.

Com pertinácia e rigor investigativo, o autor ouviu todos os personagens principais dos dramas que desvela, sem perder de vista o humor e o absurdo de muitas das situações. Seu talento narrativo faz com que essas reportagens se aproximem da melhor literatura contemporânea.
Catei esse livro no meio das minhas pesquisas para o especial Um Estudo em Sherlock, aproveitando um cartão presente que tinha ganho para fazer o pedido (e lá vai mais um que fura a fila. Por isso é que nunca termino de ler a interminável lista do que está à espera na estante...). Não cheguei a prestar muita atenção na sinopse, de forma que mirei no que vi e acertei no que não vi.

A despeito do título, esse livro não tem muito a ver com a obra de Doyle. Ainda que o autor seja, obviamente, um admirador do detetive, e cada uma das partes do livro comecem com uma citação holmesiana, O Diabo e Sherlock Holmes não é um romance policial ou uma coleção de ensaios sobre o personagem; mas uma série de matérias que o autor escreveu ao longo dos anos para diversos jornais, histórias reais sobre obsessão (e esse é o principal tema), crimes e vidas.

Sou uma pessoa suspeita para falar, porque muitos dos temas que aparecem ao longo das histórias que o autor nos relata no livro me fascinam. O livro inteiro é narrado em primeira pessoa e, a despeito da forma confortável, familiar com que Grann nos conta suas histórias – como quem conta causos em torno de uma mesa de bar – ele é capaz de manter uma distância de seus personagens que nos permite julgar por nós mesmos aquilo que ele nos apresenta.

Do acadêmico que possivelmente reencenou os atos de um conto de Holmes ao professor cuja vida é dedicada à caça de lulas gigantes, de erros judiciais tremendos a máfias dentro de prisões de segurança máxima, há de tudo um pouco.

Não são histórias felizes, contudo – e fique avisado disso. Há um tom de melancolia nos sonhos e obsessões dos homens que transitam pelas páginas de Grann. Nostalgia, inocência ou corrupção, esperança e decepção se cruzam nelas.

Todas as histórias relatadas no livro são reais... e é nessas horas que você se dá conta do quanto a realidade pode muitas vezes ser tão ou mais estranha que a ficção.


A Coruja


____________________________________

 

2 comentários:

  1. Passei algumas horas na Cultura na quinta-feira e vi esse livro mais de uma vez, mas toda vez que estendia a mão para apanhá-lo e dar uma olhada na sinopse ou folhear, alguém me chamava para mostrar um romance de Lovecraft, a coleção nova do próprio Sherlock, uma edição especial de algum livro do Tolkien, ou alguma outra coisa incrível.

    Droga, Murphy, por que? 'xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de arranjar um trabalho que me pagasse para ficar o dia inteiro só lendo... Seria um sonho...

      Eu realmente recomendo esse livro, é muito, muito bom!

      Excluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog