21 de julho de 2017

Seis Lições que Aprendi com Jane Austen


Essa semana tivemos por todo o mundo eventos para marcar a data do bicentenário de morte de Jane Austen, uma das maiores autoras de língua inglesa. Apesar de ter produzido relativamente pouco - são apenas seis romances completos, além de algumas obras de sua juvenilia - sua obra entrou para o cânone ocidental, ressoando ao longo desses dois séculos em todos os cantos do mundo.

Já li e reli todos os livros de Austen, palestrei, debati no clube do livro, apresentei a amigos ou conheci pessoas que se tornariam grandes amigos meus por causa... dela. Nos últimos quinze anos (considerando que meu primeiro contato com a autora foi por volta dos meus quatorze), Austen foi uma companheira constante e uma fonte de conforto. Independente dos romances e dos finais felizes, os personagens de Austen sempre foram uma inspiração em seu humor, sua força e independência - e essas são as lições que aprendi com eles ao longo de todo esse tempo.


____________________________________

 
13 de julho de 2017

Conversas sobre o Tempo: Uma História (Sentimental) da Leitura


Dia desses estava passeando na livraria e me deparei com a nova edição do Manual do Escoteiro Mirim, o que me precipitou numa viagem às minhas memórias de infância: a Biblioteca do Escoteiro Mirim, junto com a coleção do Sítio do Pica Pau Amarelo são os primeiros livros que me lembro lendo, que tiveram um enorme impacto no meu desenvolvimento como leitora - e como escritora também, especialmente aqui no blog. E isso me fez refletir um pouco em como posso pensar minha história pelos livros que li com o passar dos anos, como meus gostos foram mudando, como passei por diferentes fases com diferentes gêneros literários…


____________________________________

 
10 de julho de 2017

Desafio Corujesco 2017 - Um Livro que seja uma Indicação de Alguém Conhecido || A Man Called Ove

A morte é algo bastante notável. As pessoas vivem a vida inteira como se ela não existisse e, no entanto, ela é um dos maiores motivos para se viver a maior parte do tempo. Alguns de nós ficam já desde cedo tão cientes da sua existência que vivemos com mais intensidade, mais teimosia, mais fúria. Outros precisam da sua presença constante para ao menos se dar conta de como é a vida. Alguns ficam tão ocupados com ela que sentam na sala de espera muito antes de ela ter anunciado sua chegada. Nós a tememos, e mesmo assim a maioria de nós tem mais medo que ela atinja outra pessoa do que a nós mesmos. Porque o maior medo com relação à morte é sempre que ela vá passar batida por nós. E nos deixar sozinhos.
Conheci a Steph uns dois anos atrás, quando ela me mandou uma mensagem pelo Goodreads - professora americana recém-chegada ao Recife para dar aulas de História, ainda sem falar muito bem português e sem conhecer ninguém que não fosse da escola onde começara a trabalhar. Eu a convidei para um dos encontros do Clube do Livro de Bolso e daí nasceu uma amizade regada a muito café, explorando restaurantes de comida regional e debatendo história e estórias. Agora em junho, o contrato dela com a Escola Americana terminou e ela partiu numa nova aventura, dessa vez em Portugal (se tudo der certo, ano que vem passo por lá e vou visitá-la). Assim é que, quando olhei o tema desse mês para o Desafio Corujesco, não tive dúvidas: catei um livro que a Steph indicou e fez a maior propaganda - além de me dar de presente de aniversário.


____________________________________

 
3 de julho de 2017

Teatro das Sombras - Contos Fantásticos Além da Imaginação


Não faz muito tempo - uns dois anos talvez - que descobri Ray Bradbury. O que é engraçado, porque Fahrenheit 451 é considerado leitura obrigatória entre os clássicos modernos e estava na minha lista há pelo menos uma década, assim como Algo Sinistro Vem por Aí. Contudo, por motivos que não sei explicar, demorei bastante para afinal dar prioridade a ele e quando o fiz, foi porque Neil Gaiman sempre o colocava como uma de suas mais importantes referências. Fato é que, quando finalmente comecei a ler o autor, não quis mais parar e Bradbury decididamente é um dos nomes dos quais tenho como meta de vida conhecer a bibliografia completa.


____________________________________

 
24 de junho de 2017

A Vertigem das Listas: Seis Histórias do Submundo


Ísis: Olá, caros mortais leitores do Coruja! Esse mês vamos aonde ninguém ousa ir, com poucas exceções. No mínimo, aonde ninguém quer ir, mas vai porque precisa por qualquer motivo. Não estou falando de dentista nem hospital - embora sejam boas tentativas - mas do inferno, ou o mundo além. Bem-vindos sejam a Seis Histórias do Submundo!

Lulu: Posso dizer que fiquei até com medo agora?

Ísis: Por quê? Submundo não necessariamente é amedrontador…

Lulu: Não tenho medo do submundo, tenho medo de você…


____________________________________

 
21 de junho de 2017

Desafio Corujesco 2017 - Uma História que se Passa no Futuro || As Melhores Histórias de Viagens no Tempo

Aquela coisa minúscula caiu no chão; aquela coisa insignificante que podia romper equilíbrios e derrubar uma sequência de pequenos dominós, depois grandes dominós e finalmente gigantescos dominós ao longo dos anos e através do Tempo. Aquilo poderia alterar o mundo.
Quando você vê uma antologia que se entitula “as melhores história de tal e tal gênero”, você sempre deve levar essa classificação com um grão de sal e uma boa dose de desconfiança: afinal, o que é bom para uns pode não ser para outros e a seleção de contos aqui passa pelo gosto pessoal dos organizadores. Não há como ser objetivo, a não ser que você decida fazer uma pesquisa global com todo mundo que já leu uma história daquele tipo na vida. A despeito disso, quando vi os autores citados na capa dessa antologia, decidi que queria lê-lo e eis então que ele aparece no nosso Desafio Corujesco de junho.


____________________________________

 

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog