segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

As (outras) Casas de Hogwarts: uma defesa de lufanos, corvinais e sonserinos


Com a estréia de Animais Fantásticos e Onde Habitam, uma enxurrada de produtos oficiais inspirados no universo criado por J. K. Rowling apareceu por aí. Acho que todas as mystery box brasileiras usaram o tema como mote; a Funko lançou vários personagens e trocentas variações exclusivas e até grandes lojas de departamento lançaram suas coleções, que vão de camisetas até pacote completo para o quarto dos potterheads (ou pottermaníacos, como se falava na minha época e, ei, como me senti velha com isso agora…). Eu mesma andei fazendo compras nesse sentido e estaria bastante satisfeita com tudo que andei adquirindo não fosse um pequeno detalhe: a dificuldade em encontrar produtos das Casas de Hogwarts que não sejam só Gryffindor.

sábado, 3 de dezembro de 2016

360º: Foz do Iguaçu (ou as Bodas de Zinco da Coruja e da Elefanta)

Kolory e Sortudo, os mascotes da viagem

As Bodas de Zinco de Lulu e Ísis (ou Lulu e Ísis vão à Foz... e tentam não deixar rastros de destruição...)

Abaixo segue o diário de expedição da Lu e da Ísis numa viagem a Foz do Iguaçu para comemorar dez anos de amizade e loucuras, com direito a muitas trapalhadas pelo caminho, pausas filosóficas e digressões sobre filmes de super-heróis. A viagem foi feita em maio, mas por razões de força maior, incluindo tempo para se sentar e escrever, só estamos publicando agora.

Continue a ler por sua conta e risco. As autoras não se responsabilizam pela elevação do nível de insanidade no entorno de seus eventuais leitores.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Desafio Corujesco 2017 - versão Mistério Randômico


Eu normalmente lanço a ideia do Desafio Corujesco mais cedo, por volta de outubro - até para dar tempo de fazer a lista dos livros a ler e todo mundo se inteirar do projeto... mas esse ano decidi fazer algo um pouco diferente - na verdade, uma parceria com uma amiga querida, a Tábata do blog Randomicidades - e por isso o Desafio tem o subtítulo de Mistério Randômico.

Mas, como diria nosso amigo Jack, o estripador, vamos por partes, não é mesmo?

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Diário #NaNoWriMo - The Good, the Bad and the Ugly


Novembro acabou. Tinha um milhão de planos para esse mês, dentre os quais, fazer o NaNoWriMo e manter um diário semanal da escrita. Mas, no meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho e acabei não conseguindo fazer nenhum dos dois.

Eu já comentei mais de uma vez cá no blog que 2016 tem sido um ano difícil, com perdas e doenças graves entre amigos próximos e familiares. Novembro entrou com o início de um tratamento pesado de uma tia que já sabemos, a essa altura, ser apenas um paliativo; um susto no preventivo da D. Mãe (que, pelo menos essa graça, foi apenas um susto); uma gripe pesada que me nocauteou; bombas no trabalho para desarmar e a revisão de todo o trabalho do semestre para escrever o relatório de metas.

domingo, 27 de novembro de 2016

Desafio Corujesco 2016 - Um Livro para Terminar em Um Dia || Uma Real Leitora

Quando menina, uma de suas maiores emoções havia sido a Noite da Vitória, quando ela e a irmã tinham se esgueirado para fora dos portões e se misturado, incógnitas, à multidão. Havia algo parecido com isso na leitura, ela sentia. Era anônima; era compartilhada; era comum a todos. E ela, que havia levado uma vida apartada, agora descobria que tinha fome daquilo. Ali naquelas páginas e entre aquelas capas podia caminhar incógnita.
Descobri esse livro numa lista publicada no Randomicidades de livros sobre livros e leitores - que é o tipo de referência que adoro encontrar nas minhas leituras, seja em ficção ou não ficção. Eu saí colocando um monte dos títulos no meu Skoob, e depois olhei o que tinha para troca e Uma Real Leitora era um dos que aparecia por lá… E gente, sério, a sistema de trocas do Skoob é uma das melhores coisas do mundo… Enfim, solicitei, chegou rapidinho, no dia seguinte comecei a ler e devorei em pouco mais de uma hora: a história tem 111 páginas e flui fácil, fácil, é uma gostosura de ler.

sábado, 26 de novembro de 2016

A Vertigem das Listas: Onze Barbas de Respeito


Dé: Novembro chegou, e neste mês trago um tema que divide opiniões! Há quem goste. Há quem odeie. Há quem diga que são anti-higiênicas. Há quem diga que não é bem por aí. Há quem diga que indicam agressividade... Enfim, as opiniões são muitas, mas no final o tema é um só: barbas!

Não escolho o tema sem motivo, ou por motivos pessoais (quem me conhece, sabe que mantenho barba já a 12 anos). Acontece que, assim como o Outubro Rosa, novembro também é o mês de conscientização para a saúde masculina, em especial para o câncer de próstata, no movimento conhecido por Movember, a fusão das palavra moustache (bigode, em inglês) e november. A ideia é que todas as pessoas capazes de crescer um, começando o mês imberbe, deixe o bigode crescer durante 30 dias. Barba, assim como manter o bigode após os 30 dias, é opcional.

Tendo explicado isto, o tema deste mês é: Onze Barbas de Respeito! E digo “barbas”, porque “pêlos faciais” não tem a mesma sonoridade, mas bigodes qualquer outra forma de pêlos faciais, em qualquer combinação, são válidos!